OCDE visita o CPA

01/10/2021
Para conhecer o modo como as escolas interpretam e aplicam o decreto da Escola Inclusiva.

 

Peritos em educação da OCDE visitaram no dia 29 de setembro o colégio. A comissão escolheu 6 escolas em Portugal – cinco públicas e o Colégio Pedro Arrupe – no âmbito do projeto “Strenght trough diversity”. O objetivo era conhecer o modo como as escolas interpretam e aplicam o DL 54º, conhecido como o decreto da Escola Inclusiva, ou seja, que decisões pedagógicas e didáticas tomam para acolher, integrar e potenciar todos os alunos.
Sobre este assunto e em diferentes painéis, foram ouvidos a direção, a coordenação e alguns técnicos da EMAEI, professores e alunos, a partir do 5º ano.

Da visita ao colégio, ficou na comissão a perceção de uma escola aberta à diversidade. Uma escola onde todos são ouvidos, onde os projetos dos alunos são acolhidos e valorizados, onde as equipas pedagógicas e técnicas gozam de verdadeira autonomia para criar bons ambientes de aprendizagem. Uma escola que usufrui plenamente do potencial de flexibilidade curricular para tomar as decisões mais adequadas em cada contexto. Uma escola capaz de se recriar em permanência porque olha com confiança e otimismo para o futuro.